Melhores leituras de 2015

segunda-feira, dezembro 21, 2015

Chegou a época do ano de revisitar tudo o que fizemos de bom durante os últimos doze meses e fazer nossas listinhas clássicas. Vou começar com a de melhores livros que li em 2015. No ano passado, eu apenas escolhi as minhas dez leituras favoritas e as listei. Desta vez fiz um pouco diferente: separei algumas categorias para melhor organizar os livros. Então vamos lá:

Melhor clássico: Não poderia ser outro do que o lindo de morrer Os Miseráveis - Victor Hugo! Que livro!!! Me cativou da primeira página até a última e nem as famigeradas digressões victorhugonianas conseguiram me incomodar. Leitura que recomendo a todos!

Melhor livro de contos: Tenho dois aqui para citar. Um deles é o Morangos Mofados - Caio Fernando Abreu, que dialogou comigo muito mais que qualquer livro da Clarice Lispector que li até hoje. E quero também deixar a recomendação desse livro nacional contemporâneo: Dez centímetros acima do chão - Flavio Cafiero. Vários contos criativos e atuais.

Melhor livro de poesia: Ao fazer a lista percebi que não li tantos livros de poesia em 2015, não livros ótimos pelo menos... Acabei escolhendo o Apresentação da poesia brasileira - Manuel Bandeira, pois traz um panorama essencial da nossa poesia.

Melhor peça: Li agora em dezembro, no final do segundo tempo, Macbeth - Shakespeare e simplesmente ganhou o lugar de melhor peça lida. Li algumas outras do querido William nos anos anteriores, mas essa é a melhor!!! As clássicas peças contidas no O Melhor do Teatro Grego também foram ótimas leituras.

Melhor série de livros: Fazia anos que eu queria ler os livros d'O Único e Eterno Rei - T.H. White, mas estavam esgotados. Resolvi comprar em inglês para ler de uma vez e adorei! Vale muito a pena pra quem gosta de novelas de cavalaria.

Melhor biografia: Foi na verdade uma autobiografia, a de um dos meus ídolos: Minha Vida - Charles Chaplin. Leitura mais que prazerosa! Foi ótimo conhecer mais da vida e carreira do Chaplin pelas próprias palavras dele.

Melhor livro de não-ficção: De a-ha a U2 - Zeca Camargo traz entrevistas do jornalista desde a época da MTV até o Fantástico e é indispensável pra todo amante de música.

Melhor livro contemporâneo: Meu comentário vai ser tão curto quanto o livro: Vermelho Amargo - Bartolomeu Campos de Queirós é poético e arrebatador.

Melhor livro infantil: Muitas memórias da infância na mente ao ler Matilda - Roald Dahl. Divertido até para adultos!

Melhor livro YA: No comecinho do ano eu li The Perks of Being an Wallflower - Stephen Chbosky e no finalzinho li Os 13 Porquês - Jay Asher. Ambos são livros YA acima da média, na minha opinião. Tratam sobre temas importantes e são bem escritos.

Menções honrosas (pois eu li muitos livros maravilhosos em 2015 e que não poderiam ficar de fora):

O Perfume - Patrick Süskind
To Kill a Mockingbird - Harper Lee
O Diário de Anne Frank
Assassinato no Expresso do Oriente - Agatha Christie
Ensaio sobre a Lucidez - José Saramago
Cartas Extraordinárias
Se um Viajante numa noite de inverno - Ítalo Calvino
As Aventuras de Sherlock Holmes - Arthur Conan Doyle
A Bússola de Ouro - Philip Pullman
Sentimento do Mundo - Carlos Drummond de Andrade

Melhores quadrinhos:
Sweet Tooth - Jeff Lemire
New York - The Big City - Will Eisner
Scott Pilgrim - Bryan Lee O'Malley
As Aventuras de Tintim: Repórter do "Petit Vingtième" no País dos Sovietes
Pílulas Azuis - Frederik Peeters
Monica 30 anos / Mauricio 30 anos

Melhor mangá: 
Uzumaki

Que em 2016 eu leia tanta coisa boa quanto em 2015! Quais foram as leituras favoritas de vocês?

Você também deve gostar:

1 comentários

  1. Muitas leituras legais! Vou até catar algumas dicas para 2016, hehehe...
    Pra mim, as melhores leituras que fiz foram: Caixa de Pássaros e Um Caso Perdido. Recomendo ambos! ;)

    ResponderExcluir